APAMVET
Artigos APAMVET

Busca por fontes alternativas de alimentos

Boletim APAMVET, v. 12 n. 3 (2021)

Com a crescente demanda mundial por alimentos e a necessidade de se buscar uma maior sustentabilidade na produção dos mesmos, os insetos surgem como uma alternativa com grandes possibilidades de atender as exigências nutricionais dos animais de produção e principalmente para o mercado Pet food de forma que é necessário que os profissionais do agronegócio estejam atentos a todas as possibilidades e desafios que esta nova produção apresenta.


Estudo de viabilidade econômica na inclusão de novos ingredientes na dieta de animais de produção

Boletim APAMVET, v. 12 n. 3 (2021)

O trabalho de fonte própria do autor realizou simulações econômicas buscando compreender viabilidade do uso da farinha de insetos na dieta de frango de corte, utilizando-se de ferramentas de Excel


Insetos como ingrediente funcional na nutrição de frangos de corte

Boletim APAMVET, v. 12 n. 3 (2021)

O uso de insetos como ingrediente funcional e/ou aditivo pela indústria avícola é uma abordagem promissora uma vez que os insetos combinam valor nutritivo e propriedades nutracêuticas à um sistema de criação eficiente. Os insetos Tenebriomolitore Hermetiailluscens(BSF, Black soldier fly) são os principais candidatos por sua capacidade de crescer e se desenvolver facilmente em resíduos orgânicos de forma a constituir uma abordagem prevista nos conceitos de Economia Circular e Saúde Única. Uma série de estudos foram conduzidos na ESALQ-USP nos últimos 5 anos para avaliar o uso de insetos, tenébrio e BSF, em dietas para frangos de corte afim de explorar o uso como ingrediente funcional. Por fim, os estudos realizados forneceram indícios dos benefícios do uso de insetos como ingrediente funcional na nutrição de frangos de corte capaz de melhorar o desempenho e a saúde inclusive capaz de compensar parcialmente os efeitos do uso antibiótico promotor de crescimento e ionóforos (...)


Insetos na alimentação animal

Boletim APAMVET, v. 12 n. 3 (2021)

Os insetos são uma classe de animais que estão presentes em diversos nichos ecológicos. Eles possuem um elevado grau de especialização com relação às necessidades de ambiente, alimentação e desenvolvimento. Dessa forma, o domínio de suas técnicas de criação com vistas ao aproveitamento comercial de seus produtos é uma janela de oportunidade que se abre com vantagens ecológicas, mercadológicas e produtivas.


Insetos na alimentação humana

Boletim APAMVET, v. 12 n. 3 (2021)

Os insetos têm má reputação, causam repulsa, alguns picam, outros estragam nossos alimentos, e nos fazem lembrar de controle de pragas. A verdade é que a população está crescendo bastante, com aumento constante para nove bilhões de pessoas até 2050, é previsto aumento no nosso sistema alimentar (para humanos e animais) e com isso uma pressão ainda maior sobre o meio ambiente, existe a previsão de escassez de terras agrícolas, água, florestas, biodiversidade, bem como nutrientes e energias não renováveis. Os insetos usam menos recursos do que o gado tradicional, têm qualidade nutricional comparável a dos alimentos de origem animal. A alimentação dos insetos pode ser adaptada para influenciar a composição nutricional. Perfis de ácidos graxos, colesterol, vitamina A micronutrientes como ferro, fósforo, selênio, zinco, cobre, manganês, além da proteína são algumas das qualidades documentadas que podem ser influenciadas pela dieta.